E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Aqui Jaz o bom atendimento

Aqui Jaz o bom atendimento

"A melhor maneira de fazer uma venda é promover um relacionamento amigável antes de começar". – Jeffrey Guitomer

"Momento de consternação. Todos querendo fazer sua última homenagem". Eis que alguém decide dizer algumas palavras.

– "Gostaria de dizer algumas palavras sobre o nosso querido "Bom Atendimento". Quando ele veio ao mundo, imediatamente passou a ser apreciado e copiado mundo a fora. Todos gostavam dele. Na verdade, passou a fazer parte da vida de nossas vidas. Os consumidores o exigiam. Os fabricantes e as empresas o perseguiam.  Logo perceberam  que não poderiam mais viver sem ele.

O "Bom Atendimento" teve uma vida gloriosa e produtiva. Acreditem meus amigos, ele fez muita gente feliz. Sempre disposto a tirar um sorriso do rosto das pessoas; mesmo os mais carrancudos rendiam-se a ele. As empresas faziam questão de homenageá-lo, colocando uma placa em seus estabelecimentos, dizendo: “Aqui gostamos do Bom Atendimento”.


Sim amigos presentes, "O Bom Atendimento" cresceu e adquiriu bons princípios, como por exemplo, nunca descriminar as pessoas. Para ele, todos eram iguais e mereciam ser tratados da mesma maneira. As pessoas o amavam e queriam sua companhia.

Mas, como tudo nessa vida passa, "O Bom Atendimento" ficou velho, cansado. De uma hora para outra, passamos a vê-lo como ultrapassado, antiquado. Algumas vozes solitárias ainda o chamavam, mas já era tarde. Nosso querido amigo já não tinha forças para vencer tantas objeções e maus tratos. Aos poucos foi ficando invisível. Alguns poucos valentes ainda tentaram escrever sobre ele. Quem sabe se seus admiradores  lerem sobre ele, voltam a amá-lo? Infelizmente todo esforço foi em vão. Ele veio a óbito no nosso século, diante de nossos olhos, e nada fizemos para evitar".

Claro, nesse momento de despedida, muitos lamentos e choros de arrependimento. Mas já é tarde. O que tínhamos que fazer, deveria ser feito “antes”. Exigir sua presença, "bater o pé" contra àqueles que o odiavam. Mas, fomos nos conformando em sermos mal tratados e mal atendidos. E aos poucos e de forma silenciosa, ajudamos a matar "O Bom Atendimento". Acredito que o mais conformado e feliz nesse momento, seja seu primo, já famoso – "O Mau Atendimento".

"Antes que nosso querido "Bom Atendimento" parta de vez, gostaria de pedir um minuto de silêncio. Com certeza, o mundo sentirá muito a sua falta. Vá amigo e descanse em paz". – Para sua reflexão

 

"Não crie uma empresa de patos. Deixe seus funcionários voarem como águias, para prestarem um serviço superior ao cliente". – Ken Blanchard

Se sua equipe está apática, solicite uma proposta de treinamento ao Programa CASES.

Fernando Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentários
  • Marcelo Moraes
    5 de março de 2013 ás 18:09

    KKKKKKKKKKKK

    Perfeita !!!! Que Deus o tenha em bom lugar.

    Mas, se ainda houver uma chance de ressuscitá-lo, estarei na linha de frente.

    Engraçado…. comentei sobre este assunto recentemente com amigos, no que tange ao atendimento das Cias Aéreas…. Muita gente voando, muita gente que nunca havia entrado num avião, agora voa. O problema é quem nem as equipes de terra nem os “new costumers” tem referências do que era um bom atendimento a nem tanto tempo assim… E, deste jeito, vamos transformando aeroportos em grandes rodoviárias do ar. E, do jeito que vamos, qualquer dia haverão meninos oferecendo água, balas e biscoitos na nos fingers até os aviões…. E só falei das aéreas, heim… tem muito mais por aí. Será que tem jeito ?

    Abs

    Marcelo Moraes
    marcelosm03@terra.com.br

  • Jorge Lunardi
    19 de março de 2013 ás 10:40

    Como sempre, Fernando, muito bom!

    Gostei da imagem, também! Vc a criou?

  • MAURICIO SPESSATTO
    28 de setembro de 2013 ás 16:34

    Na empresa em que trabalho, temos alguns grupos onde colegas treinam colegas,Este é meu assunto, aliando experiência de 26 anos na área comercial, junto com dicas para os colegas novos.

Total
0