E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

As Olim – piadas de Londres 2012

As Olim – piadas de Londres 2012

Olha, você até pode achar que estou ficando maluco, mas eu não gostei nem da abertura e muito menos do encerramento das Olimpíadas de Londres 2012. Achei tudo meio sem sal e cinzento, muito peculiar à Londres. Os caras como não tinham mais nada para enxertar, usaram até modelos londrinas como verdadeiro “tapa buracos”. Achei confuso, pouca inovação e patriotismo exagerado.

Eu acredito que se os jornalistas que estavam transmitindo, não fossem esclarecendo, a grande maioria dos telespectadores não entenderia o enredo. Achei o enredo muito quadrado, velho e batido. Sinceramente, eu esperava muito mais. Acho que se tivessem contratado os caras de Parintins, as alegorias teriam ficado bem melhores.

Como tenho falado muito em INOVAÇÃO e sua importância para os resultados, me arrisco a dizer que houve muito pouca coisa criativa e realmente inovadora. É só comparar com Pequim. Podemos assemelhar tudo isso, com o que se passa na mente de nossos consumidores e clientes. Quando os clientes estão satisfeitos, eles criam altas expectativas em suas mentes. Essa expectativa tende a aumentar, todas as vezes que ele entra em contato com sua empresa. Quando a empresa, por alguma razão, deixa de atendê-lo corretamente, é desastroso. O cliente se considera traído e suas expectativas despencam ladeira abaixo. Caso a empresa não tome medidas para resolver o problema, ele não só migrará para a concorrência, como falará mal de sua empresa aos quatro ventos.

Voltando a falar nas Olimpíadas, fomos acostumados a grandes aberturas e encerramento. Nossa expectativa era muito alta. Esperávamos muito de Londres e todo seu poderia técnico, financeiro; e … foi pífio.

Sendo assim, caros amigos, mantenham a expectativa de seus clientes sempre em bom nível.

Um grande abraço,

Fernando Fernandes

www.programacases.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
  • Rogério Lotito Siufi
    15 de agosto de 2012 ás 21:20

    Sempre fantástica suas opiniões e concordo contigo. O encerramento assisti inteiro, só faltou colocar telefone de contatos dos músicos, um junção sem compromisso de um monte de apresentações, poderia ser muito mais feliz e rico este encerramento. O Brasileiro com seu complexo de terceiro mundo, pode fazer uma Olimpíada muito mais rica e feliz, basta bom senso, honestidade, o que é difícil, e levar toda energia.
    Para encerrar este comentário, gostaria de dizer que considero nossos atletas verdadeiros heróis na vida, pois, chagarem ao maior evento mundial praticamente de favor de amigos familiares, driblando dirigentes, associações, federações que não ajudam em quase nada, ninguém pode cobrar nada, principalmente Dona Dilma que esperava mais de nossos atletas devido valor investido, Investiu errado, foi em propaganda, na cartolagem e muito pouco chegou na ponta, no clube no atleta. Claro que não incluo o Futebol, que tem tudo, fica em hotéis 5 estrelas, com toda mordomia, ao invés de alojamentos dignos construídos para os atletas, prêmios que nem foram revelados, e novamente fracassaram. Claro que o México tem uma boa equipe e não podemos tirar o mérito deles mas, infelizmente a incopetência saltou aos olhos, este timinho não ganhou nem um jogo importante ou de uma grande equipe, veja, hoje, jogo festivo na Suécia, o Pele com os olhos marejados e, em campo, parecia que nossos atletas olímpicos jogavam contra o time de 58 da Suécio, todos duros e cansados, que se reuniram para esta festinha, enquanto a Argentina joga contra a Alemanha entre outros jogos importantes de hoje como Uruguai, Itália me digam, quem está se preparando melhor?
    . “God save the Queen”
    e “Deus Salve nosso futebolzinho”

Total
0