E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Bate Papo com o Lider – Demissões complicadas

Bate Papo com o Lider – Demissões complicadas

FIRED

Qualquer demissão sempre deixa um rastro de sentimentos. Normalmente são sentimentos marcantes e negativos. Alguns líderes não sabem lidar muito bem com a demissão de funcionários. No entanto, o grande problema reside em demissões de parentes.

É comum em empresas familiares ver vários parentes trabalhando na mesma empresa. O empreendedor, cheio de boa vontade, querendo cercar-se de pessoas de confiança, enche a empresa de parentes. Essa fórmula, caros amigos, quase sempre é uma fórmula explosiva. Porque, mesmo sendo parentes, são pessoas com vaidades e sentimentos.

Tudo vai bem até que a incompetência de alguns desses parentes começa a ficar evidente. Rivalidades e brigas pelo poder tornam-se constante. Chega o momento em que o líder e empreendedor precisa tomar a decisão de desligar alguns desses parentes.

Podem acreditar que não é uma decisão fácil. Em muitos casos a decisão é procrastinada o máximo possível. Dentro da empresa, enquanto isso, as relações se deterioram e a desmotivação começa a tomar conta de toda empresa. O ambiente profissional é infectado, tornando pessoas outra comprometidas, em simples funcionários. Eu, pessoalmente já presenciei empreendedores deixarem as empresas falirem a ter que demitir seus filhos.

E agora, como resolver esse imbróglio?

Isso depende muito da visão dos líderes empreendedores. Alguns são cegos ou míopes.       A visão determinará a longevidade de uma empresa recém-criada. Alguns abrem seus negócios sem noção alguma da área em que pretendem atuar. Isso, aliado a decisão de contratar parentes, torna-se num coquetel molotov. Se você está nessa situação e acredita que sua empresa deve se perpetuar às pessoas, comece a agir.

Todos os funcionários que são improdutivos ou incompetentes, independente de serem parentes ou não, deverão ser devolvidos ao mercado. É claro que é mais fácil falar. No entanto, algumas empresas familiares que optaram pela competência e não pelo fator sanguíneo, transformaram suas empresas em empresas bem sucedidas. Veja o caso da Mitchells & Richards. A empresa foi relacionada entre as 10 melhores empresas do mundo no ramo do vestuário. Isso com apenas três lojas.

Espero que tenham gostado desse papo.

Caso precise de ajuda profissional para resolver esse problema, solicite-nos uma proposta.

cases@programacases.com.br

Grande abraço a todos,

 

Fernando Fernandes

www.programacases.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
  • rogeriobaade@ibest.com.br
    1 de setembro de 2014 ás 22:25

    OTIMA REPORTAGEM.

  • ffescritor
    1 de setembro de 2014 ás 22:51

    Rogério, obrigado por sua visita e por seu comentário. Grande abraço e boa semana, Fernando

Total
0