E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Caderneta de Poupança ficou mais gorda

Caderneta de Poupança ficou mais gorda

No dia 28 de Agosto, o COPOM (Comitê de Política Monetária) decidiu aumentar a Taxa SELIC, que é a taxa básica de juros do Brasil, para 9% ao ano.

De acordo com as novas regras de rentabilidade da Caderneta de Poupança, estipuladas em 4 de Maio de 2012, sempre que a Taxa Selic estiver abaixo ou igual a 8,5% ao ano, a rentabilidade da poupança se altera para a seguinte fórmula: 70% da Taxa Selic + TR (Taxa Referencial). Isso acaba causando uma redução de rentabilidade na poupança a cada vez que a taxa Selic cai.
Mas a regra também diz, que a Taxa Selic ficando acima de 8,5% ao ano, a poupança volta a ter a rentabilidade antiga, que é de 0,5% ao mês + TR, ou 6,17% ao ano.

E foi o que aconteceu, portanto a partir de hoje, sua caderneta de poupança vai começar a render 6,17% + TR ao ano.
Mesmo assim, a rentabilidade da poupança ainda está perdendo para a inflação, mas pelo menos as perdas de valor ficaram menores.
Só para você ter uma ideia, antes dessa decisão do COPOM, sua caderneta de poupança estava rendendo 0,48% ao mês + TR. Agora vai render 0,50% ao mês + TR.
A TR (Taxa Referencial) oscila próximo á zero.

Mas se compararmos a Caderneta de Poupança com fundos DI ou com CDBs atrelado ao DI, pode ser que a poupança perca a atratividade, visto que fundos com 1% de taxa de administração ou CDBs que paguem acima de 85% do CDI já estariam rendendo mais que a poupança.

E as expectativas são de novos aumentos da Taxa SELIC nas futuras reuniões de COPOM, portanto fique ligado nas suas aplicações.
Até a próxima semana!
Cristiano Brasil

 

Empresário, Palestrante, Pós graduado MBA em Gestão Financeira e Pós graduado Especialista em Mercado de Capitais, Certificado a atuar como Agente de Investimentos credenciado á Corretora Geral Investimentos e Câmbio, Sócio Diretor da i9 Investimentos. Presta auxilio no planejamento financeiro de famílias, casais, pessoas físicas e jurídicas.
Certificado ANCORD credenciado junto á CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e BACEN (Banco Central do Brasil). Certificado PQO seguimento BM&F e BOVESPA credenciado junto á Bolsa de Valores.
Autor do livro de Bolso “A Cartilha do Dinheiro” onde lista mais de 80 dicas de como a família pode economizar no dia-a-dia.
Cristiano Brasil é Vice Presidente Regional do CEJESC (Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de SC) para o Extremo Sul Catarinense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0