E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Como escolher o melhor profissional para treinar sua equipe?

Como escolher o melhor profissional para treinar sua equipe?

Olá pessoal. Aqui estou eu mais uma vez tentando dar algumas dicas.

Eu não sei se impressão minha,  mas o número de pessoas se apresentando como mestres em vendas e dizendo ter respostas milagrosas para o sucesso em vendas, cresceu de forma assustadora. Sem querer criticar, mas já criticando, esse aumento de mágicos em vendas deu um nó na cabeça dos clientes que por sua vez, deu uma estragada no mercado. Os preços de treinamento e consultoria estão no mesmo patamar da “da uva mijona”,  termo popular em Portugal para dizer que está quase de graça.

Da noite para o dia todo mundo se tornou Coach, Mestre em vendas e liderança ou Consultor. Garotos de 28 anos que nem saíram da casca se apresentando como o mestre dos mestres. Olha,  por favor. Vamos baixar a bola. Não tem mais ingênuo no mercado. Nada contra os concorrentes, mas cuidado para não atropelar  regras simples do mercado e estragar o mercado de profissionais com décadas de experiência. Quer se Mestre em vendas, tudo bem. Viaje no tempo por dez ou quinze anos e volte com toda a bagagem adquirida. Tô meio azedo hoje.

 

Grande abraço a todos,

 

Fernando Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 Comentários
  • Julio João Pereira
    23 de maio de 2017 ás 11:32

    Prezado Fernando

    Compartilho da tua indignação. Acredito que o modelo está ultrapassado, isto sim. Essa coisa de palestra motivacional é muito bom, para poucos; não que não ajude, ajuda sim, mas o alcance e o resultado prático é minimo. Em geral as pessoas dominam algumas técnicas, colocam isso numa apresentação, citam alguns exemplos, e dizem ” Você tem que ser assim, ou assado, você precisa mudar, você pode, você…” todavia ensinar como se faz de fato, isso eles não o fazem. Não porque não queiram, mas porque seu embasamento é teórico, acadêmico…são eficientes, mas não eficazes. Assim vai se multiplicando uma quantidade de consultores, “coachs”, “mestres”, que deixam muito a desejar, mas que conseguem vender uma ideia falsa de que a solução dos problemas com vendas está nas suas mãos. Se você assistir ao filme “porta a porta” vai aprender algumas coisas, alguns conceitos, mas vender porta porta só se aprende se a gente sair com uma mala na mão, uma meta a ser batida, e ir vender de fato.

    Ora, tenho pena de quem engole esses embustes, travertidos de consultores. Honestamente, não tenho uma solução pronta, talvez ninguém tenha; se você conhecer eu quero também. Quero aprender como se faz, para ajudar a tantos que perambulam por aí, perdendo mais que ganhando, sofrendo para sobreviver num mundo altamente competitivo e voraz, onde sobrevive o mais esperto, ao invés do mais preparado; onde ainda conta o jeitinho ao invés da técnica; assim o que muitos aprendem é dar um jeitinho enquanto deviam aprender a planejar.

    As organizações carecem de alguém que lhes abra os olhos para o novo, para o que vem por ai, para os novos desafios e para a sobrevivência, baseada em planos adequados ao ramo de negócios. A cultura empresarial impede, por ouro lado, que essas pessoas procurem se aconselhar com profissionais, de fato; falam em custos , quando deviam falar em investimento; isso os leva a contratar palpiteiros; muitas vezes ouvem amigos, e aplicam certas práticas que em geral não duram muito tempo. São empreendedores, não empresários. Veja que não se preparam para empresariar, querem “ganhar dinheiro” somente, e a qualquer custo. Assim, sustentam esses tipos que vendem ideias mirabolantes de solução através de uma simples “palestra motivacional” para a equipe; quando deveriam formar seus quadros com critérios mais elaborados, com programas de treinamento continuado, com assistentes permanentes que os ajudem a construir uma organização profissional, rentável e duradoura.

    • Programa Cases
      23 de maio de 2017 ás 20:38

      Grande Júlio

      Saudades do amigo e de sua família. Você está 101% certo. Concordo com tudo que postou. Infelizmente os clientes estão sem saber a quem buscar, a quem escolher. Todos os dias bate em sua porta mágicos que aparecem do nada, como as rãs das pragas do Egito. Eu costumo dizer que tem mais Coche no mercado do que boi no pasto. Assim sendo, meu amigo, temos que continuar realizando nosso trabalho de modo sério, como fazemos há mais de 20-30 anos. Eu acredito que alguns clientes, após entenderem que o barato sai caro, voltem a rever nossas propostas.

      Grande abraço à família.
      Fernando

  • barriekestler.hatenablog.com
    24 de maio de 2017 ás 08:21

    This page truly has all of the information I
    needed concerning this subject and didn’t know who to ask.

    • Programa Cases
      22 de junho de 2017 ás 20:23

      Hi, my name is Fernando Fernandes.
      Please contact to me.
      fernando.consulente@gmail,com

      Fernando

  • adriane yared
    22 de junho de 2017 ás 17:20

    Excelente apontamento Fernando, infelizmente eles replicam o que ouvem, o que leêm mas vivência no mercado nenhuma. E muitas empresas caem no golpe do super profissional de Vendas. Me deparo sempre com estas situações. Infelizmente por enquanto denigrem a imagem dos profissionais com excelência, o que me consola é que não serão sustentáveis, ninguém aguenta mais o mais do mesmo. Sem experiência , vivência, expertise, o conteúdo acaba. Abraços Fernando e Sucesso!

    • Programa Cases
      22 de junho de 2017 ás 20:19

      Querida amiga e colunista de nosso site, muito obrigado por nos brindar com seu belo comentário. Parece que as dificuldades que estamos enfrentando são as mesmas de muitos colegas.
      Espero que em breve o próprio mercado faça uma separação do joio e do trigo.

      Grande abraço.
      Fernando Fernandes

  • JORGE NUNES
    22 de junho de 2017 ás 18:16

    Concordo plenamente, o que tem de “curioso em vendas” no mercado, se achando “o cara!!”
    Todo cuidado é pouco mesmo !!

    Eu me tornei Palestrante, após ter trabalhado durante 40 anos no mundo corporativo, sempre em grades empresas.
    Nesses anos me preparei, atuando forte em vendas, ( varejo, indústrias, distribuição e franquias ), mesmo como gestor, sempre fiz questão de contratar e treinar minhas equipes de vendas, ( internas e externas ).
    Agora, desde 2011, estou no mercado em busca de uma projeção e reconhecimento, mas está difícil, tendo em vista a avalanche de “mestres” nessa área.

    Mas continuo firme, pois a cada apresentação minha, ( cobrando valores justos e até abaixo do praticado ), tenho obtido ótimas avaliações.

    Estou a disposição dos futuros interessados.

    Grande Abraço e… Sucesso !!!

    • Programa Cases
      22 de junho de 2017 ás 20:16

      Jorge Nunes, muito obrigado por deixar seu comentário.
      Quero dizer que concordo com tudo o que disse. Na verdade o mercado está cheio de teóricos. São poucos os profissionais na área de treinamento que possuem a teoria e a experiência.
      Desejamos muito sucesso ao amigo. As dificuldades que você sente para fechar negócio, também é uma de nossas preocupações.

      Grande abraço e volte mais vezes.
      Fernando Fernandes

      • JORGE NUNES
        23 de junho de 2017 ás 11:30

        Muito obrigado meu parceiro pelo retorno… Minha Gratidão e Respeito !!
        Estou a sua disposição… E pode me indicar sem medo viu !!! kkkkk
        Abraços e Sucesso !!!

Total
0