E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Como você reage a uma crítica?

Como você reage a uma crítica?

Finger Pointing Right (with clipping path)

“Não existe crítica construtiva”, – Dale Carnegie.

Eu acredito que está gravado em nosso DNA reagir negativamente a uma crítica. Já notou que quando somos criticados, nossa primeira reação é tentar provar que temos alguma dose de razão? Ou então, contra atacamos com alguma justificativa.

Quando nos olhamos no espelho, conseguimos apenar “ver” nossa imagem, no entanto, as pessoas nos enxergam. Elas conseguem realmente enxergar nossos defeitos, desvios etc. Em resumo, nós temos uma falsa imagem de nós mesmos. Daí, muitas das vezes, não aceitarmos as críticas.

Quando um marceneiro trabalha numa madeira usando uma plaina, ela primeiro precisa cortar. Aos poucos, a madeira fica lisa, brilhando e bonita. A lâmina, primeiro corta, depois alisa. A crítica é exatamente assim. No primeiro momento é doloroso. Descobrir alguma verdade a nosso respeito, que até então, desconhecíamos, causa muito desconforto. No entanto, quando nos deixamos moldar, conseguimos evoluir, melhorar, ficamos mais “brilhantes”.

É claro que jamais conseguiremos agradar a todos. Isso é impossível. Porém, estarmos abertos a uma crítica pode contribuir para nosso aprimoramento. Podemos até eliminar um mau hábito não percebido. Por exemplo, quando meu filho  disse-me sem rodeios, que eu era um “teimoso de carteirinha”, fiquei furioso, discutimos. Fiquei amargurado por alguns dias. Quando minha esposa comentou que seu não fosse tão teimoso, tudo poderia ter sido diferente, Bingo! Tive que aceitar que sou um grande teimoso. Falamos abertamente sobre essa minha característica. Em seguida, fui até a cada de meu filho, pedi desculpas pela minha teimosia e pronto. Apertamos as mãos e seguimos em frente. Foi difícil controlar esse hábito. Ainda luto contra essa tendência de sempre achar que tenho razão. Mas, só consegui mudar, quando percebi que as pessoas tinham razão.

Da próxima vez que alguém lhe fizer uma crítica, antes de reagir, pense. Será que ela tem razão? Preciso realmente melhorar? Considere a possibilidade de estar errado.

Um grande abraço a todos,

Fernando Fernandes

www.programacases.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0