E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Crise e oportunidades

Crise e oportunidades

 

O Brasil está atravessando por uma grave crise política e econômica. A inflação, que é o aumento persistente e generalizado dos preços, tem impactado diretamente no bolso do trabalhador.

 

As estimativas da inflação para 2015, já beiram dois dígitos. As últimas estimativas, segundo Banco Central, estão em 9,99% para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

 

Mas pesquisas mostram que os alimentos tiveram aumentos bem acima do índice, que é o caso da batata inglesa, do alho e da carne entre outros. Aumentos atribuídos a seca em alguns lugares do Brasil e as cheias em outras regiões, além do aumento do dólar, que impacta nos preços de insumos importados.

 

A crise tem pressionado os comerciantes que estão vendo um mercado mais contraído, onde as pessoas estão reduzindo cada vez mais o consumo.

Essa redução de consumo, por conta do aumento do desemprego, por conta do aumento do custo de vida das pessoas com energia e combustíveis mais caros, faz o consumo cair a grandes níveis.

 

Isso tem alterado a forma dos comerciantes enfrentar a crise, dando mais descontos, melhorando e flexibilizando as formas e condições de pagamentos, fazendo promoções e campanhas para trazer os clientes para dentro de seus estabelecimentos.

 

E isso traz uma grande oportunidade, para o trabalhador que pode conseguir melhores preços em produtos e serviços.

A crise está aí, mas a vida continua e temos que buscar gastar nosso suado dinheiro de forma mais racional possível, aproveitando essas oportunidades para buscar maiores descontos em suas compras no dia-a-dia.

 

Essa é a melhor hora, para pechinchar e conseguir bons descontos. Não tenha vergonha de pedir descontos. Compre, mas sempre buscando uma boa negociação, pois a oportunidade está aí e os comerciantes estão mais abertos e propensos a dar descontos para fidelizar seus clientes.

 

Toda crise gera oportunidades, aproveite!

 

 

Cristiano Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0