E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Cuidado, cooperativas de Seguros para Carros são ILEGAIS!

Cuidado, cooperativas de Seguros para Carros são ILEGAIS!

Todo dia aparece alguém querendo lesar as pessoas e agora aqui em Santa Catarina, bem como em diversos estados no Brasil, tem se multiplicado associações de seguros de veículo, no qual tem como proposta que o cliente pague uma pequena parcela mensal para assegurar seu veículo em caso de acidente ou roubo, até 70% mais barato que um seguro normal realizado por seguradoras credenciadas e regulamentadas pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

 

Essas associações são ilegais e estão lesando muitas pessoas em todo o Brasil.

 

Embora prometam segurar o veículo, na verdade o cliente em caso de acidente ou roubo não será ressarcido porque não existe o tal seguro e não existe legalidade nesse tipo de operação por essas tais associações.

 

Somente seguradoras regulamentadas pela SUSEP podem operar com seguros no Brasil, mas o que temos visto é um crescimento muito forte dessas associações de seguros veiculares.

 

Se você fez esse tipo de seguro, cancele agora mesmo os pagamentos mensais, pois em caso de sinistro o cliente não está sendo ressarcido.  Mais de 400 processos estão correndo na justiça contra essas associações.

 

Antes de contratar esse tipo de seguro, entre no site da SUSEP no endereço www.susep.gov.br e consulte se o nome da empresa que está lhe oferecendo esse seguro está com seu nome listado na SUSEP.

 

Se não estiver o nome dessa empresa na lista da SUSEP, não faça o seguro, pois evitará problemas futuros.

Inúmeros clientes que tiveram sinistros, não foram ressarcidos. Faça uma rápida pesquisa na internet e verá o tamanho do problema que você poderá ter ao contratar esse tipo de seguro.

 

Essas associações de seguros veiculares, são mais um golpe financeiro, contra o povo brasileiro.

 

Abra o olho, o barato pode sair bem caro.

 

Cristiano Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0