E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Cuidado, seu navio pode naufragar – Parte II (Efeito “Cadinho”)

Cuidado, seu navio pode naufragar – Parte II (Efeito “Cadinho”)

 

Gostaria de falar sobre o personagem “Cadinho” interpretado pelo ator Alexandre Borges na novela Avenida Brasil. O que aconteceu com a empresa dele foi por puro desleixo e excesso de autoconfiança. Temos visto através dos noticiários, que vários empresários foram dormir milionários e acordaram pobres. Tudo por causa do mesmo efeito “Cadinho”. Até mesmo a apresentadora Ana Maria Braga, teve seus bens roubados por sua secretária, uma funcionária de confiança. Quando ainda era executivo de uma empresa italiana aqui no Brasil, uma de nossas clientes, uma empresa de consultoria na área de impermeabilização, teve quase todos os seus bens sequestrados por uma de suas funcionárias. Ela falsificou documentos a fim de roubar suas patroas. As sócias perderam quase tudo.

É preciso delegar e deixar que os funcionários participem de decisões importantes. Vou morrer defendendo isso. No entanto, segundo especialistas, em se tratando de assuntos vitais e que podem comprometer a sobrevivência da empresa, é preciso muito cuidado. Não se pode descuidar com nada. É preciso blindar informações confidenciais. “Quando a grana tá entrando fácil e as vendas estão indo de vento em popa, costumamos ser negligentes e descuidados”. É assim que os aproveitadores esperam que ajamos. O efeito “Cadinho” tem tornado muitos empresários em exmilionários.

E na sua empresa, como andam as coisas? Continuo defendendo que o empreendedor, não necessariamente, precisa colocar seu dedo em tudo; mas quando o tema é finanças e assuntos altamente confidenciais, seja o mais cauteloso possível. Por mais cuidado que sua empresa tenha nas contratações, “os rótulos bonitos chamam mais atenção do que o conteúdo das embalagens”. Sempre pode haver um “pirata” em sua empresa, apenas à espera de uma oportunidade para invadir e pilhar sua empresa.

Um dia desses, numa reportagem sobre como proteger informações, foi mostrado que algumas empresas montaram verdadeiros bunkers contra a violação e quebra de sigilo. É isso mesmo. Nesses casos é melhor pecar pelo exagero. A informação se tornou um bem altamente valioso. Por isso, tome cuidado e proteja sua empresa. Claro que ter apenas uma só esposa facita muito as coisas.

 

Um forte ábaco a todos,

Fernando Fernandes

www.programacases.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0