E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Dê boas-vindas ao inesperado

Dê boas-vindas ao inesperado

inspiração

 Quando estou sem inspiração para escrever, costumo recorrer à minha biblioteca. Fico ali, olhando para meus livros, percorrendo com meus olhos as centenas de títulos bem organizados. Às vezes fico a espera que um deles me diga alguma coisa. Finalmente, escolho um autor, procuro algo relevante e reproduzo para os caros amigos leitores.

Sei que não tem nada de originalidade nisso. No entanto, é bom compartilhar com as pessoas um bom texto. Hoje escolhi um texto do  brilhante Steve Chandler. Espero que gostem.

“Dê boas-vindas ao inesperado

“A maioria das pessoas não se considera criativa. Muitas veem essa característica  apenas nos outros: “Minha irmã é criativa, ela pinta quadros”, ou “Meu pai é criativo, ele canta e compõe músicas”. Mas todos nós somos criativos. Um dos motivos pelos quais não acreditamos nisso é porque costumamos

associar ser criativo com ser original. Mas o fato é que criatividade não tem nada a ver com originalidade – e sim com o inesperado. Você não precisa ser original para ser criativo.

Na verdade, ajuda bastante saber que ninguém é original. O próprio Mozart, por exemplo, disse que jamais escreveu uma melodia original em sua vida.Eram todas combinações de melodias populares antigas.

Se você acredita que foi feito à imagem do Criador, deve, portanto, ser criativo. E,se estiver disposto a enxergar a si mesmo como uma pessoa criativa, comece agora a cultivar a criatividade em tudo que faz. “Dedique-se a inventar soluções inesperadas para os desafios que a vida lhe apresenta”.

Grande abraço a todos,

Fernando Fernandes

www.programacases.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0