E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Definindo o pró labore do pequeno empreendedor

Definindo o pró labore do pequeno empreendedor

O pequeno empreendedor quando monta sua pequena empresa, tem algumas dificuldades em administrar as finanças da empresa e também as finanças pessoais, pois isso tudo é uma coisa só, na cabeça do empresário.

 

Geralmente acaba misturando os gastos familiares com os gastos da empresa, usando os recursos do caixa da empresa para quitar despesas do dia-a-dia. Faz retiradas semanais do caixa da empresa, geralmente ás sextas-feiras, aos poucos, sem saber ao certo quanto tirou do caixa no decorrer do mês.

 

Isso é muito prejudicial para a empresa, e pode comprometer o fluxo de caixa.

Você que é um empreendedor, deve definir um pró-labore para você, mas como fazer isso? Essa é a maior dúvida dos pequenos empresários.

 

A dica é a seguinte: O pró-labore, é uma espécie de salário, retirada mensal do empreendedor/sócio que desempenha a função geralmente de administrador do negócio. Para definir o valor do pró-labore verifique os gastos pessoais que você teve nos últimos 3 meses ou nos últimos 6 meses e faça uma média. Esse é realmente o valor que você retira do caixa da empresa normalmente para suas despesas pessoais.  Então esse valor deverá ser seu pró-labore inicialmente.

 

Mas deve ficar atento, para não retirar do caixa da empresa além do que o faturamento pode suportar, pois esse dinheiro que você vê no caixa da sua empresa, está comprometido para pagamento dos fornecedores, taxas, impostos, funcionários e investimentos na empresa.Portanto, nunca pague a conta de luz da sua casa, com o dinheiro do caixa da empresa. Não pague o condomínio de seu apartamento com o dinheiro do caixa da empresa.Agindo desta forma, você vai se enrolar financeiramente na pessoa física e na pessoa jurídica.

Até a próxima semana!

Cristiano Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0