E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Dicas para ampliar (muito) seus resultados na prospecção por e-mails.

Dicas para ampliar (muito) seus resultados na prospecção por e-mails.

O que faz um decisor abrir um e-mail de prospecção com uma estratégia outbound?

Em primeiro lugar precisamos entender o que é uma estratégia inbound e a outbound.

No inbound existe uma permissão, em algum momento este cliente potencial baixou um e-book, um vídeo que você disponibilizou ou se cadastrou no seu site, isso quer dizer que ele já conhece e tem interesse em você ou na sua empresa.

Já na estratégia outbound ele não sabe nada sobre você ou a sua empresa. O Outbound é sempre um contato frio ou que interrompe de alguma forma aquela pessoa. Pode ser um comercial de TV que interrompe seu filme, um banner que pula na frente de sua leitura em portal de notícias ou até uma cold call.

Tanto a prospecção  por e-mail quanto por telefone a estratégia principal é despertar a curiosidade para que este decisor queira ouvir mais ou abrir aquele e-mail.

Por onde começar?

Assunto

A missão na prospecção de cliente por e-mail é fazer o seu cliente potencial abrir o e-mail. Se ele não tiver curiosidade para pensar: “humm interessante, vou olhar.” sua estratégia falhou no primeiro momento.

Então como despertar o interesse do contato assim que ele olha o assunto do seu e-mail?

Algumas estratégias dão mais certo que outras. Exemplos:

  • Colocar o nome da empresa do cliente no assunto
  • Colocar o nome ou assunto de um artigo sobre a empresa que você achou em suas buscas. Exemplo: “Artigo sobre a (nome da empresa) e crescimento…”
  • Contato em comum. Exemplo: Recomendação de fulano

Em um teste que fiz, tive 70% mais aberturas de e-mails frios quando usei o nome da empresa no assunto. Exemplo: (nome da empresa) Workshop de vendas

Personalização

Ao contrário do que muitos pensam personalizar um e-mail de prospecção não se trata apenas colocar o nome da pessoa, mesmo porque hoje os principais programas de envio de e-marketing fazem essa personalização com uma enorme quantidade de e-mails. E a pessoa que lê sabe se foi direcionado para ela ou é um e-mail “genérico” enviado para mil pessoas ao mesmo tempo.

Quando falo em personalizar, falo na prévia qualificação. Aqueles cinco minutos que você investiu em procurar informações sobre aquela empresa ou decisor, seja no Google, site da empresa ou nas redes sociais.

Exemplo:

“Li que a visão da empresa é ampliar a participação no mercado e ser uma empresa reconhecida pela inovação e qualidade.  Neste ponto acredito que a (nome da empresa) e a (sua empresa) tem uma sinergia, pois podemos ser parceiros nesse aumento na participação no mercado tornando sua empresa mais competitiva…”

Foco no cliente

O primeiro parágrafo do seu e-mail dever ser sobre o cliente, mostrando que você se importa, se interessa por ele e pelo seu sucesso, com o descrevi na personalização.

Fazer uma enorme descrição e relacionar os seus produtos/serviços não vai interessar o cliente. Se o assunto o levou ao “humm interessante, vou olhar.” essa sensação de curiosidade precisa ser aumentada para um “humm legal, preciso exatamente disso.”

Descrições sobre produto ou serviços ele encontrará facilmente no Google. Ele não quer saber quantos anos a sua empresa atua no mercado, se sua empresa é especialista nisto ou naquilo ou a descrição de toda sua linha de produtos.

O que ele quer saber é como você pode melhorar o negócio dele, como torna-lo mais competitivo, mais lucrativo, como reduzir seus custos, melhorar sua linha de produção, como agilizar seus processos, entre outros.

E agora que você pode descrever os benefícios:

“Seria interessante se (área/assunto/necessidade) conseguisse X% de (aumento/redução/agilidade) no (processo/departamento)? Podemos conversar melhor sobre esse tema com (telefonema/reunião)..”

Sequência

O sucesso na prospecção por e-mail pode acontecer a longo prazo. Pode ser que esse cliente potencial não abra seu primeiro e-mail, mas isso não é motivo para desistir.

O conceito de sequência requer persistência e não insistência. É continuar buscando suas metas, mas sendo flexível. Você pode continuar enviando mensagens para esse cliente potencial. Essas mensagens podem ser dicas do mercado que ele atua, cases de sucesso da sua empresa, felicitações em datas comemorativas, entre outros.

Ultima dica: faça tudo isso de forma resumida, no máximo 4 parágrafos. Um e-mail de prospecção não dever ser uma monografia!

Myrian Mourão

Crédito da imagem: toprenda.net

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1Comentário
  • cyl
    21 de novembro de 2017 ás 11:33

    Muito Inteligente sua dica Myrian, muito obrigado.

    Você realmente leu a nossa mente.

    Um Abraço, votos de sucesso.

Total
0