E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Luiz Machado, CEO da GCE Papéis, de são Paulo, fala da produção de papel tendo em vista a sustentabilidade.

Luiz Machado, CEO da GCE Papéis, de são Paulo, fala da produção de papel tendo em vista a sustentabilidade.

Luiz Machado, fundador e diretor da GCE Papéis. Graduado em Administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas e pós graduado em Marketing pela ESPM.
Atua no segmento de papel e celulose desde 1977 onde foi dirigente da maior indústria brasileira até 2004.
Devido ao seu grande conhecimento técnico e mercadológico fundou a GCE Papéis, com o objetivo de implementar e difundir no mercado brasileiro práticas de sustentáveis na produção, comercialização e na utilização de papéis.
Até hoje mantém o foco e a estratégia do negócio: fazer a diferença no mercado brasileiro de papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 Comentários
  • Rosemeri Silva ( Alecrim SC)
    5 de agosto de 2013 ás 00:00

    Fernando

    Biomassa…( bagaço de cana) para fazer o papel ecológico ne?

  • Rosemeri Silva ( Alecrim SC)
    5 de agosto de 2013 ás 00:00

    Fernando

    Biomassa…( bagaço de cana) para fazer o papel ecológico ne?

  • Paulo Delmilhac
    9 de agosto de 2013 ás 00:00

    Fernando, excelente entrevista com o CEO da GCE. Um extraordinário produto de bagaço de cana que diminui a cultura antiga de extrativismo.
    Parabéns !
    Paulo Delmilhac

  • Paulo Delmilhac
    9 de agosto de 2013 ás 00:00

    Fernando, excelente entrevista com o CEO da GCE. Um extraordinário produto de bagaço de cana que diminui a cultura antiga de extrativismo.
    Parabéns !
    Paulo Delmilhac

  • pita
    25 de agosto de 2013 ás 00:00

    boa a entrevista. Conheco o potencial do bagaco de cana pois trabalhei com esta materia prima. O principio de tudo e saber se a empresa que utilizar tera uma plantacao que sustente a necessidade. Depois e conhecer o know how desta materia prima anual. A fibra em si tem grande potencial de utilizacao. A conheco na fabricacao de papeis de embalagens mas nao e a principal pois necessita de fibra longa que para isto o pinus e o bambu sao habeis.

  • pita
    25 de agosto de 2013 ás 00:00

    boa a entrevista. Conheco o potencial do bagaco de cana pois trabalhei com esta materia prima. O principio de tudo e saber se a empresa que utilizar tera uma plantacao que sustente a necessidade. Depois e conhecer o know how desta materia prima anual. A fibra em si tem grande potencial de utilizacao. A conheco na fabricacao de papeis de embalagens mas nao e a principal pois necessita de fibra longa que para isto o pinus e o bambu sao habeis.

Total
0