E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Hinode, Boulevard ou Jeunesse – qual a melhor empresa no Marketing Multinível?

Hinode, Boulevard ou Jeunesse – qual a melhor empresa no Marketing Multinível?

Marketing Multinível ou Marketing de Rede, são temas que vêm atraindo cada vez mais consumidores e pessoas dispostas a empreender. Para falar a verdade, até bem pouco tempo eu era um leigo no assunto. (agora sou leigo metido a besta) Mas, há alguns dias fui convidado por um Black Diamond da Hinode a formar minha própria franquia.

Foi aí que despertei para esse negócio. Comecei a pesquisar e minhas dúvidas só aumentaram. Qual empresa  poderia me oferecer melhores resultados, aliados à produtos com máxima qualidade? Minha pesquisa conseguiu levantar mais de 100 empresas atuando no Brasil com sistema de MMN. Em minha minúscula experiência na área, e usando a fórmula de Jack Welch, 70-20-10, posso concluir que 10% estão realmente ganhando dinheiro, 70% trabalhando apenas com um sonho na cabeça, e 20% tentando passar para a elite dos 10%? É isso?

Como possuo uma rede de relacionamento considerada forte,  empresas  e amigos vêm tentando convencer-me de suas marcas.

Minha pergunta no LinkedIn sobre o tema, em 24 horas, gerou mais de 70 mil visualizações com mais de 100 comentários.  Mas, e agora? O que fazer? Gostaria de contar com a sua ajuda para uma decisão.

 

 

Grande abraço a todos,

Fernando Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Comentários
  • Sandro Alves
    11 de agosto de 2017 ás 19:52

    Boa Noite Fernando!

    Sempre que entro em um projeto, verifico as possibilidades de parcerias.

    Checo a idoneidade da empresa.

    Verifico quem são seus fornecedores de matéria prima.

    Quais são as empresas parceiras do projeto.

    Verifico a solidez, seriedade da empresa, levantando também o tempo existência e mercado.

    No caso do Grupo Hinode, tem 29 anos, tem todos os selos de qualificação, somando os órgãos fiscalizadores como ABVED, ABF, ABIPHEC, ANVISA e Receita Federal, te fornece todo o respaldo e credibilidade para avaliar um projeto sério, rentável e sólido.

    • Fernando
      11 de agosto de 2017 ás 20:37

      Sandro Alves,obrigado por deixar seu comentário. São pessoas como você que engrandecem nosso trabalho.

      Grande abraço do amigo
      Fernando Fernandes

      • Fernando
        11 de agosto de 2017 ás 20:38

        Sandro ,obrigado por deixar seu comentário. São pessoas como você que engrandecem nosso trabalho.

        Grande abraço do amigo
        Fernando Fernandes

  • Alexandre Salema
    14 de agosto de 2017 ás 22:58

    Fernando
    Tudo bem? Tenho amigos que atuam na Hinode, na Jeunesse e em outras que se valem do modelo MMN.
    O que vejo é que existem alguns ganhando dinheiro e outros tantos querendo ganhar dinheiro. Percebi que vai muito da equipe que você está e dos líderes que compõe a rede que você está. A estratégia faz a diferença. Vejo que em muitos casos as pessoas se lançam a vender sem ter uma estratégia bem elaborada.

    Outro ponto que entendo ser de extrema importância é a qualidade dos produtos. Não adianta a empresa ter um modelo interessante, com um programa de remuneração e bonificação legal quando os produtos deixam a desejar. Você não irá ganhar dinheiro. Você não irá conseguir fazer as vendas recorrentes.

    Por fim, é importante avaliar a idoneidade da empresa. A seriedade dos donos. Tempo de existência etc… A solidez é importante.

    É um modelo que me agrada. Tendo produtos decentes, uma estratégia bem definida é uma equipe bem treinada você ganha dinheiro e leva seu time a ganhar tb.

    Um abraço

  • Marcio Okabe
    23 de outubro de 2017 ás 05:46

    Olá Fernando,
    Eu conheço MMN desde 1994 quando fiz parte da Amway por 1 mês, mas acabei saindo.
    Hoje não tenho mais preconceitos com o tema e decidi pela Jeunesse porque conheci pessoas incríveis em Salvador/BA que fazem parte da rede e vi a seriedade deles.
    Vamos conversar?
    Abraços,
    Marcio Okabe

Total
0