E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Imposto de Renda

Imposto de Renda

Imposto de Renda 2015

O prazo para entregar a Declaração do Imposto de Renda 2015 será de 2 de Março a 30 de Abril.

O governo a cada ano melhora seu aparato fiscal e seus cruzamentos de informações para saber quem deveria estar declarando Imposto de Renda e não está declarando. O governo cobra multas e pode processar por Sonegação Fiscal, quem deveria declarar e não declara.

 

A Declaração de Imposto de Renda é obrigatória, para aquele que tem ganhos acima das tabelas e regras estipuladas pelo governo.

Mas quem deve declarar? Essa é uma pergunta que muitos brasileiros se fazem todos os anos. Vamos tentar numa linguagem mais clara, explicar isso.

 

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS: Aqueles no qual você deve pagar imposto, como por exemplo: o seu salário, aluguéis que você recebe. Em resumo: Tudo o que você recebe, todos os seus ganhos, na sua grande maioria são tributáveis.

Quem ganhou mais de R$ 26.816,55 de Jan a Dez de 2014 deve declarar. Para ser mais fácil, se você ganhou salário mensal acima de R$ 2.234,71 você deve declarar.

 

RENDIMENTOS ISENTOS: Deve declarar quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido maior que R$ 40 mil em 2014.

 

ALIENAÇÃO DE BENS: Se você vendeu algum bem e teve ganhos com essa venda, deve fazer a declaração. Se você investiu na Bolsa de Valores em qualquer mês de 2014, também deve declarar.

 

PROPRIEDADES DE BENS: Quem tiver a posse ou propriedade até 31 de Dezembro de 2014, de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil, deve declarar.

 

ATIVIDADE RURAL: Quem teve no ano passado, receita bruta no valor de R$ 134.082,75  oriunda de atividade rural deve declarar.

Se você ganha um pouco menos de R$ 2.234,00 por mês, mas tirou férias em 2014, você deve ter pago Imposto de Renda que foi descontado na fonte, isso é descontado pela empresa no qual você trabalha e enviado ao fisco. Você pode declarar para buscar de volta esse valor através da restituição do Imposto de Renda.

 

Muitos brasileiros sem saber disso, acabam deixando esse dinheiro para o governo simplesmente porque não declararam sua isenção e não solicitaram a restituição.

 

Muitas dúvidas você ainda deve ter sobre esse assunto. Sugiro que se você acha que se enquadra em algum caso aqui comentado, que procure um contador para maiores detalhes.

Até a próxima semana.

Cristiano Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0