E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Liderança sem vaidades

Liderança sem vaidades

Liderar sem vaidades

“Grandes líderes não usam as pessoas para que possam vencer. Eles lideram pessoas para que todos possam vencer juntos.” – John Maxwell.

 

Nessa minha longa carreira profissional, uma das coisas que mais me chamou à atenção foi a vaidade de alguns líderes.  A arrogância e prepotência  chegava  dar náuseas. Esse sentimento era compartilhado pela grande parte das pessoas que estavam sob a liderança desses medíocres, com título de Lideres.

 

Algumas pessoas são líderes apenas por causa de seus cargos. Ou seja, a liderança dessas pessoas é empurrada goela abaixo. Posso garantir que isso causa muito sofrimento e desmotivação aos liderados. Ninguém lidera por imposição. As pessoas “seguem” esses infelizes por medo, embora na maioria das vezes, sempre com um sorriso nos lábios. Enquanto a “bola” estiver com eles, infelizmente aos funcionários só resta opção de ficar e lutar ou partir para buscar uma nova empresa.

 

Já fiz muitos cursos de liderança, e a sensação, em alguns casos, era de estar numa sala cheia de pavões. Às vezes, as penas chegavam a atrapalhar. Em um desses cursos, uma das líderes e proprietária de uma rede de lojas, disse-me que  a culpa pelos problemas que sua rede de lojas vinha enfrentando,era de seus funcionários. Perguntei então,  quem era o  responsável pelas contratações. Ela com  a maior cara de pau, disse "eu". Ora, então esta Senhora  contrata mal e a culpa é dos outros. É muito fácil sacudir a água do capote. Se as coisas saem bem – “EU FIZ”. Quando acontece alguma coisa errada – “ELES fizeram”. Caros amigos, liderança não é nada disso.

 

O Líder nível 5 como gosta de chamar Jim Collins, é um grande magneto. Como o Magneto dos XMan. As pessoas são atraídas a esse tipo de líder e ficam grudadas. Sabem que têm uma grande oportunidade de aprendizado. Essas pessoas acabam também sendo imantadas e isso gera um ciclo virtuoso.

 

Há alguns exemplos de líderes desse calibre, como Jack Welch, Jim Collins, Dale Carnegie, Andrew Carnegie, John Maxwell e o lendário Herb Kelleher Com certeza eu poderia continuar citando mais nomes interessantes.

 

Para uma liderança de sucesso é preciso levar em consideração “as pessoas”. O capital intelectual é o maior patrimônio de uma empresa. Não sãos as máquinas ou um suntuoso edifício que fazem as coisas acontecerem. São as pessoas, que você como líder contratou e treinou. Liderar envolve servir e não ser servido. Liderar é fazer as pessoas que estão à sua volta crescerem profissionalmente. Liderar é treinar e fazer novos líderes. Lucros? Será uma consequência disso tudo.

 

“ninguém chega ao topo sozinho” – John Maxwell

 

 

Grande abraço a todos,

Fernando Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários
  • FERNANDA ALCANTARA COSTA
    29 de abril de 2015 ás 20:38

    Boa noite!
    Prezado Fernando,

    Excelente case, objetivo e muito transparente, digo isso, porque tem pessoas que colocam as palavras subentendidas,ou seja, parece que ficam “na ponta dos dedos”, para escrever. Obrigada gostei muito!

  • Joaquim Leão Machado Garcia
    7 de junho de 2016 ás 14:29

    Excelente case Fernando!
    Eu gostaria de perguntar porque algumas empresas ou diretores se servem destes “lideres pavões” que tanto torturam suas equipes.

Total
0