E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Não seja um reclamão

Não seja um reclamão

funcionario que pensa

Rebuscando meus arquivos à procura de algo interessante para publicar, acabei encontrando o livro de Steve Chandler. “100 maneiras de motivar a si mesmo”. Seus artigos são curtos e objetivos. Veja mais um tesouro desse brilhante autor.

 “O presidente de uma grande empresa de equipamentos de escritório expôs o seu problema para mim da seguinte maneira:

 “Como faço os reclamões da minha empresa pararem de reclamar e em vez disso pensarem em soluções?”

Ele continuou explicando que tinha dois tipos de pessoa trabalhando para ele, os Reclamões e os Pensadores. Os Reclamões eram muitas vezes empregados bastante inteligentes e dedicados, que trabalhavam muito, às vezes até tarde da noite. Mas quando entravam na sala da administração, era quase sempre para reclamar.

“Eles são ótimos para apontar os erros de outros gerentes e me dizer o que está errado com nossos sistemas”, disse o executivo, “mas me esgotam, porque são tão negativos que acabo tentando ajudá-los a se sentir melhor. Depois, fico deprimido.”

Os Pensadores, por sua vez, tinham uma forma diferente de apresentar os problemas ao presidente da empresa. “Os Pensadores já chegam com ideias”, ele prosseguiu. “Eles enxergam os mesmos defeitos que os Reclamões, mas já analisaram quais seriam as soluções possíveis.”

Ou seja, os Pensadores assumem a responsabilidade pela empresa e criam o futuro da companhia com suas ideias e seu raciocínio. Os Reclamões deixaram de pensar. Uma vez que identificam os problemas e justificam sua reação a eles, param por ali.

 Os Pensadores fizeram sua reação aos problemas da empresa ir além das emoções e chegar às mentes. E, por terem formulado algumas soluções, a natureza da reunião deles com a administração é criativa. É um brainstorming. O executivo gosta de se reunir com eles porque sua mente também é estimulada. Ambas as partes saem da sala se sentindo intelectualmente energizadas, e o presidente terá o maior prazer em se reunir outra vez com esses Pensadores em outras oportunidades.

Os Reclamões deixaram sua reação aos problemas ficar apenas no nível emocional. Expressam ressentimento, medo e preocupação. O problema do executivo numa reunião com eles é que ele precisa lidar principalmente com as emoções dos funcionários, então ele mesmo se sente desencorajado ao final.

 Quando você se comprometer com a automotivação como forma de viver, entrará no âmbito dos Pensadores. O raciocínio criativo gera motivação. Essa orientação do pensar torna você muito mais valioso para sua empresa e para si próprio”.

  pró-atividade nos torna profissionais mais eficientes, e não nos deixa ficar estacionados na zona de conforto.

 “Se você não tem a solução, se torna parte do problema”.

 Grande abraço a todos e até o próximo artigo,

 Fernando Fernandes

www.programacass.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0