E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

O absurdo do mau atendimento

O absurdo do mau atendimento

cliente 3

Um cliente irritado, porque os preços foram alterados enquanto ele consumia o produto, decide reclamar ao gerente. Nada mais justo, pois, quando entrou no estabelecimento o preço estava exposto. No entanto, enquanto consumia, a empresa altera os preços, deixando o almoço mais caro. Na hora de pagar, claro, a bronca do cliente era totalmente procedente. Começa uma discussão acalorada. Para resolver o problema e calar o cliente que reclamava de seu direito, o dono da churrascaria decide matar o consumidor com a ajuda de seus funcionários.

Felizmente, reações como essas são raras. Porém, vale a pena ressaltar que os consumidores são muito mal entendidos pelas empresas. Esse empresário de S. Paulo, se é que podemos chamá-lo de empresário, resolveu seu problema da forma mais absurda possível. As consequências de um mau atendimento sempre afetarão de forma negativa às empresas, seus produtos e marcas. Nesse caso específico, os resultados foram danosos para ambos os lados. O empresário assassino terá seu nome manchado para sempre, será encarcerado e sua churrascaria vendida. O pobre do cliente, que apenas estava reclamando e exercendo seu direito como cidadão, perdeu sua preciosa vida.

Eu já falei aqui tantas vezes e nunca me cansarei de repetir. Quando o cliente reclama ele está lhe dizendo que ainda confia em seu produto e em sua empresa. Está lhe dando uma segunda chance. Porém, algumas pessoas veem isso como algo abominável, e tratam logo de tachar o cliente como inconveniente e chato.

Volto a repetir que muitos empresários não estão preocupados se seus clientes são ou não bem atendidos. Erroneamente concentram seu foco no “caixa” do fim do dia. Essa estratégia pode até dar certo por período, mas, com certeza, esse tipo de gestão pagará uma fatura muito cara. Mais tarde ou mais cedo a conta chega.

Caro amigo, empresário, por favor, o cliente é a razão de sua existência, é ele quem paga suas contas. Se decidir maltratá-lo, ele decidirá gastar seu dinheiro na sua concorrência. Ufa, ainda bem que existem concorrentes.

Um grande abraço a todos,

Fernando Fernandes

www.programacases.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0