E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

O Ouro

O Ouro

Um metal, uma matéria prima, que depois de manipulada pode servir para diversas utilidades. Os hebreus o utilizavam para decorar templos, ornamentos, utensílios domésticos e pessoais. No antigo Egito, com os estudos dos alquimistas, iniciou-se o uso do ouro para tratamentos de doentes. Em todas as culturas o ouro sempre foi utilizado para servir de cálices e pratos, pois essas culturas acreditavam que ingerindo alimentos com recipientes do metal, poderiam estar fazendo bem a saúde. Na China muitos se utilizam dessas práticas até hoje.

Pesquisadores apontam que o ouro ajuda com problemas de artrite, ajuda na circulação, portanto ajuda a manter o coração saudável, entre outras coisas. Mas é de muito tempo também, que sabemos que o ouro é utilizado como moeda de troca de produtos e serviços. O ouro que celebra a união dos casais através de uma aliança matrimonial, também já fez povoações inteiras sucumbirem diante de guerras e da ganância.

O ouro serviu por muito tempo, para medir a riqueza de um país, servindo como lastro para as moedas desses países. Isso na chamada época do Padrão Ouro, período entre 1880 e 1914.

Com o passar dos tempos, o dinheiro foi tomando o espaço entre os povos nas trocas de produtos e serviços. E assim moedas como o Dólar se espalharam os quatro cantos do mundo, como uma das moedas mais aceitas.
Mas moedas sofrem com inflação, desvalorização e decadência política. Nesses tempos de crises, as pessoas, como que em manadas de búfalos, vendem suas moedas, vendem suas ações e correm para o porto seguro: O Ouro.
Isso ajuda ainda mais a desvalorizar as moedas e as bolsas ao redor do mundo, trazendo o mais antigo e mais nobre metal a ser a “bola da vez”.
Com crises abalando muitos países da Europa, indecisões políticas nos EUA, crescimento lento após uma bolha imobiliária também nos EUA que acabou se espalhando pelo mundo todo, fez de palco para o ouro ressurgir como um ótimo investimento para aqueles que não têm muita certeza do que está por vir.
Com isso, o Ouro vem batendo recordes e mais recordes de valorização no mercado de metais.

Em 2010, investimentos ligados á ouro, tiveram rentabilidade de 25% enquanto a Bolsa Brasileira teve um rendimento de 1,04%.
Em 2011, investimentos ligados á ouro rentabilizaram 15%, já a Bolsa Brasileira rentabilizou -18,11%.
Investimentos em ouro acabaram por se tornar algo muito atrativo e muitos investidores de bolsa, acabam diversificando seus recursos com o metal.
O ouro que era em tempos remotos, o bem mais precioso de uma nação agora ressurge no pensamento do homem moderno. A humanidade assim como tudo no mundo, tem seu próprio ciclo. Será que estamos entrando no ciclo do Ouro?
Tenha uma ótima semana.

Cristiano Brasil
Empresário, Palestrante, Pós graduado MBA em Gestão Financeira e Pós graduado Especialista em Mercado de Capitais, Certificado a atuar como Agente de Investimentos credenciado á Corretora Geral Investimentos e Câmbio, Sócio Diretor da i9 Investimentos. Presta auxilio no planejamento financeiro de famílias, casais, pessoas físicas e jurídicas.
contato@i9investimentos.com.br
(48) 9949-7993 / 9958-4168

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0