E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Oportunidades disfarçadas

Oportunidades disfarçadas

 

O Tempo, como é de conhecimento de todos, é o recurso mais escasso que temos, porque diferente do dinheiro, nunca sabemos quanto tempo mais teremos para realizar o que queremos, e principalmente o que postergamos.

 

Estamos constantemente a procura de justificativas para os erros e a falta de oportunidades, e este fator está sendo cruel com as organizações e com os profissionais. Todos se intitulam qualificados, afirmam que detêm total prática no mercado que atua, que suprem e conhecem todas as necessidades dos clientes, que tem preparação, treinamento e que estão cientes que entregam valor agregado ao produto e serviço que comercializam. Afirmam ainda que o problema está na situação do País, na concorrência e na falta de clientes.

 

Olhando pelo prisma dos clientes atuais, observamos um cenário controverso ao citado acima, vemos clientes totalmente insatisfeitos, a mercê de um atendimento massificado sem qualquer diferenciação, sem esclarecimento, orientação e profissionais mal preparados para suprir e enxergar as suas necessidades e desejos. 

 

É necessário atitude, reflexão e revisão nas práticas utilizadas, não somente embasado por conhecimentos teóricos, mas também na vivência, com erros, acertos, mas acima de tudo melhorando e se adaptando ao novo contexto.

 

Estratégias padrões não se encaixam ao novo consumidor, a insistência nos modelos arcaicos e técnicas ultrapassadas, mínguam a cada segundo a base de clientes e seus “prospects”, permitindo que seu concorrente torne seu produto ou serviço obsoleto antes mesmo de sua percepção.

As organizações sofrem diariamente por insistir em fazer “o mais do mesmo”, pelo fato de não ter foco no novo comportamento das pessoas, nas necessidades, nos desejos dos clientes, antecipando e surpreendendo em todo momento. Esteja atento a possíveis oportunidades que possam surgir, encontre o GAP do concorrente e atue imediatamente.

 

Nestes dois últimos meses presenciei uma oportunidade disfarçada entre uma grande empresa de seguros (que não vem ao caso mencionar seu nome) e um amigo muito próximo, um potencial cliente para sua base, porém a empresa descartou permanentemente tal possibilidade.

Após um acidente entre veículos, o segurado passa o contato de sua seguradora ao terceiro, e após o contato com a empresa, tem sua pior experiência.

 A seguradora recebe várias informações a respeito deste cliente, inclusive que seu seguro é feito com seu principal concorrente. Qualquer empresa atenta e preparada o enxergaria como um potencial cliente não é mesmo? Mas infelizmente não foi visto de tal forma.

 

Este cliente potencial foi tratado sem o menor respeito, ética, comprometimento da empresa, além do desequilíbrio emocional de vários colaboradores que mantinha contato.

Porque as empresas não enxergam oportunidades disfarçadas? Simplesmente porque se preocupam com os problemas e não com soluções, seus processos enlatados, equipes e líderes mal preparados. A oportunidade não espera, nem amortiza, ela passa e pronto!

 

Sugiro que revise seu modo de agir e pensar, para que sua visão não se iniba, e mude a sua estratégia, em uma velocidade ainda maior que o próprio tempo.

 

  • Crie as suas oportunidades;
  • Enxergue além do comum;
  • Observe atentamente potenciais clientes e mercados;
  • Identifique necessidades do cliente, muitas vezes nem ele sabe que tem;
  • Esteja sempre bem preparado, a qualquer momento o cliente do concorrente pode bater na sua porta;
  • Aprenda com seus erros, isto não é apenas uma virtude, é uma obrigação.

 

Concluindo as oportunidades estão por toda parte: nas ruas, nos parques, dentro das empresas, em casa, nas necessidades das pessoas, nas reuniões familiares ou com os amigos. Qualquer lugar pode ser o estopim para grandes ideias e oportunidades disfarçadas.

 

          Amplie a sua visão, a oportunidade pode estar a sua frente! 

 

         Adriane Yared – Junho 2016

  • author's avatar

    Adriane Yared

    Graduada em Propaganda e Marketing, MBA em Trends & Innovation e Pós MBA em Design Thinking. Formação em Personal & Profissional Coaching e Leader Coaching, Membro da Sociedade Brasileira de Coaching. Adriane Yared tem 20 anos de experiência na área comercial é Coach, Palestrante , Mentora e especialista em vendas e relacionamento com o cliente. Co-autora no Manual do Relacionamento com o Cliente, Editora Ser Mais, com a contribuição de um capítulo com o título: Arrumando a Casa e Rumo ao sucesso no relacionamento com seu cliente. Colunista Cloud Coaching e Revista Coach ME. Em minha coluna Fidelização – A essência da Venda, abordo vários assuntos ligados ao relacionamento e fidelização de cliente. E-mail: adrianeyaredamin@hotmail.com

  • author's avatar

  • author's avatar

    A comunicação ineficaz pode fazer a sua empresa virar pó
    A experiência de compra faz toda a diferença

    Ver todos os artigos deste colunista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0