E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Os negócios são dinâmicos

Os negócios são dinâmicos

 

Se olharmos para traz, há poucos anos televisão quase ninguém tinha, telefone era artigo de luxo, celular então, só em filmes de ficção cientifica.

 Quem não tinha curso de datilografia estava fora do mercado de trabalho. Lembro ainda que no curso tínhamos que aprender a "bater máquina" com os dez dedos.

 

Hoje as coisas mudaram e muito. Televisores cada vez maiores e mais finos, sem falar de televisão em pequenos dispositivos como celulares e tablets com sinal digital.

Se antes nos comunicávamos através de cartas, hoje o celular nos acompanha e qualquer pessoa nos encontra através do GPS.

 

Hoje não precisamos saber digitar com dez dedos, mais devemos ter os polegares bem ágeis para digitar em nossos celulares. Olha que interessante, temos agora que digitar com apenas dois dedos!

Isso nos mostra que o mundo muda e quem não mudar estará fadado ao fracasso. Nesse período, produtos deixaram de existir, serviços deixaram de existir.

 

Quem fabricava maquinas de escrever, se não se "ligou" que o mercado estava mudando, perdeu espaço e decretou falência.

Quem pensava que a fita cassete era o suprassumo da tecnologia musical, quebrou quando os CDs invadiram o mercado, que depois perdeu espaço para os DVDs, que agora perdem espaço para a música online.

 

Lembra da função de "operador de computador"?

Nem existe mais. As funções, produtos, serviços e tecnologia mudam e se transformam a cada dia. A velocidade que isso acontece é tamanha que muitas vezes custamos a perceber.

Quanto mais demoramos a perceber que o mercado que estamos inseridos está mudando, maior pode ser nosso prejuízo, mais próximos podemos estar do fracasso.

 

E sua empresa como esta? Já parou para pensar e refletir sobre o futuro de seus produtos e serviços? Será que aquilo que você produz hoje, não será substituído por outra tecnologia? No fique apenas debruçado sobre os problemas internos de sua empresa.

Levante a cabeça e olhe para o horizonte. Veja as tendências. O que se passa em outros países, com relação ao que produz aí na sua empresa.

 

Ouça seus clientes. Perceba suas necessidades e ofereça produtos e serviços para resolver os problemas de seus clientes. Não foque simplesmente num produto ou serviço especifico, foque na resolução de problemas.

Use sua criatividade, sua intuição e faça a diferença. Se você não fizer isso, com certeza seu concorrente fará.

 

Até a próxima semana.

Cristiano Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0