E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Parcelanado a compra de alimentos

Parcelanado a compra de alimentos

Pesquisa realizada pelo FECOMERCIO-RJ aponta que no primeiro trimestre de 2013, 11% dos brasileiros compraram alimentos parcelados.  Isso representa um aumento de 57% se compararmos com o primeiro trimestre de 2012.

Isso deve-se principalmente pelo aumento descontrolado de alguns alimentos no inicio do ano, tais como o “famoso” tomate que teve aumento em torno de 106%. O tomate chegou a ser vendido a R$ 10,00 o quilo. Aumentaram também a batata, a cebola, a farinha de mandioca, entre outros.

Esse aumento rápido e desproporcional refletiu diretamente na mesa da população, que se obrigou a ter que parcelar suas compras no supermercado, usando cheque pré-datado ou cartão de crédito.

O grande problema de parcelar as compras no supermercado é que no mês que vem, você vai precisar fazer compras novamente e aí já está vencendo aquela parcela do cartão, da compra do mês anterior… isto é, o parcelamento vai funcionar apenas no primeiro mês, a partir daí, todos os meses vais ter que pagar uma parcela referente ás compras no supermercado. 

Essa prática, pode cair no descontrole e arruinar as finanças da família, caso comece a atrasar as faturas do cartão de crédito, entrando no crédito rotativo com juros altíssimos.

Parcele outras compras, mas alimentação tente pagar á vista.

Cristiano Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0