E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Quando o sonho vira realidade

Quando o sonho vira realidade

 

Caso você esteja pensando que este artigo é mais um daqueles com receita básica de como produzir sonhos apetitosos, então sinto em te falar que o assunto aqui hoje é de como tornar os sonhos realidade. Em algum momento da vida, as pessoas têm vontade de colocar em prática sonhos e objetivos, e este desejo de realização vem sempre após um período traumático de estagnação profissional ou de crise financeira. Aparentemente pode ser um período péssimo para largar o emprego estável e partir para uma nova empreitada, mas se olharmos por outro ângulo é o melhor momento para se tomar decisões concretas sobre como tirar os sonhos encostados na gaveta.

 

A insatisfação na carreira profissional muitas vezes é o gatilho necessário para se colocar um projeto em ação, e por que não abrir uma empresa? O que para muitas pessoas possa ser um tiro no escuro para outras pode ser a solução para seus problemas pessoais e profissionais.   O desânimo deve ser colocado de lado e com muito otimismo amadurecer a idéia de que ter algo próprio pode ser não apenas uma solução para a falta de oportunidades de trabalho como também a possibilidade de colocar em prática todos os sonhos planejados ao longo dos anos.

 

O empreendedorismo não pode ser visto como algo difícil de realizar, e sim como uma maneira simples de concretizar os sonhos. Empreender é agregar valor, identificar oportunidades e transformá-las em um negócio inovador e lucrativo.  O mundo dos negócios gira muito rápido e não há nada melhor do que empreender. A cada ano que passa mais e mais pessoas abrem um negócio próprio, porém é sabido que nem todos conseguem ir adiante com a empresa, e por quê?  Porque lhes falta conhecimento sobre determinados assuntos relacionados ao segmento que desejam atuar, além de falharem ao buscarem o profissional correto e qualificado que poderá os orientar na abertura do empreendimento.

 

O primeiro passo para sair do ponto morto e engatar a primeira marcha é procurar elaborar uma viabilidade de negócios, a fim de saber se a idéia inovadora terá publico pagante, ou seja, se haverá clientes interessados em adquirir determinado produto ou serviço. A viabilidade infelizmente é sempre deixada de lado, por dois motivos, uma porque os interessados não sabem elaborá-la, e outra porque a maioria das pessoas não sabem a real importância dela para o futuro empreendedor.

 

O Estudo da Viabilidade Econômica e Financeira – EVEF tem como objetivo ajudar o empreendedor a avaliar o plano de investimento a ser realizado, a fim de demonstrar a viabilidade ou inviabilidade de um produto, serviço ou projeto nos aspectos mercadológicos, financeiro e operacional. A viabilidade de negócio permite desenvolver novas idéias de como o empreendimento deve ser conduzido.

 

Dentro da importância em se desenvolver a viabilidade se faz necessário ter um Plano de Negócios para refinar as oportunidades estratégias a serem utilizadas no empreendimento. O Plano de Negócios é uma ferramenta muito útil para o empreendedor, pois avalia o desempenho da empresa em um período de longo prazo possibilitando a elaboração de um plano estratégico eficiente a ser utilizadas como ferramenta as futuras negociações. Um Plano de Negócios bem elaborado é excelente, o que possibilita ganhos financeiros, além de aprovações de empréstimos bancários ou financiamentos.

 

Feito as preliminares necessárias para que o futuro empreendedor tire os sonhos do bolso e siga adiante em seu projeto, o pontapé inicial, o próximo passo é ir à busca de um profissional de contabilidade para que a empresa seja aberta.  Alguns aspirantes a empreendedorismo quando tem uma idéia inovadora tendem a ir ao mercado antes para buscar investidores que queiram aplicar seu dinheiro no desenvolvimento do negócio, que seriam os investidores anjo. Investidor anjo é uma pessoa física que faz investimentos com seu próprio capital em empresas nascentes com alto potencial de desenvolvimento, sejam  startups ou não.

 

Empreender não é um bicho de sete cabeças, pois com determinação e força de vontade qualquer pessoa estará apta para sair da zona de conforto e seguir novos desafios. Ao invés de ficar aí reclamando da crise econômica do país ou da falta de oportunidade de trabalho, tire o coelho da caixa, ou seja, dê vida aos seus sonhos transformando a sua vida em algo positivo, e seja um empreendedor de sucesso.

 

Pense sobre isso!

 

Até o nosso próximo artigo.

 

Comendadora Marisa Fonseca Diniz

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0