E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Receita Federal de olho nas Redes Sociais

Receita Federal de olho nas Redes Sociais

 

As redes sociais compartilham informações, conhecimentos e interesses comuns numa velocidade incrível.

Muitas empresas utilizam essas redes para garimpar novos clientes e até mesmo para fortalecer suas marcas ao grande público assíduo dessas redes sociais.

 

Empresas de RH buscam nas redes sociais, os talentos para preencher as vagas de emprego e também muitas dessas empresas deixam de contratar por conta das redes sociais, quando observam que seu candidato não se comporta de acordo com os valores da empresa.

 

A polícia já prendeu muitos criminosos, por conta de fotos publicadas em redes sociais, pelos próprios meliantes incautos.

As redes sociais são vitrines sociais, pois as pessoas acabam colocando fotos de seu dia-a-dia, de seus hábitos e principalmente de seus gastos.

 

Os pais devem monitorar as postagens de seus filhos, pois muitos crimes são cometidos com dados que os criminosos buscam nas redes sociais.

 

E agora a Receita Federal também está utilizando essa arma para buscar contribuintes que postam fotos de carrões, iates, de viagens extravagantes, mostrando de alguma forma, gastos que não condizem com sua renda e com sua declaração de Imposto de Renda.

 

Os auditores têm total liberdade de pesquisar nas redes sociais, o perfil de contribuintes que levantam suspeitas de esconder informações do fisco.

Essa investigação nas redes sociais pode acontecer, quando por exemplo, os sistemas da Receita Federal detectam inconsistências em uma declaração de renda, fazendo o contribuinte cair na malha fina.

 

Esse pode ser o fim do “Perfil Ostentação”, que muitos gostam de mostrar nas redes sociais.

 

Até a próxima semana.

 

Cristiano Brasil

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
Total
0