E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Se o seu cliente disser: “Não estou interessado,” o que fazer? Parte II

Se o seu cliente disser: “Não estou interessado,” o que fazer? Parte II

Tenham em mente os seguintes pontos:

  1. Torne importante cada hora da verdade. Nem sempre você conseguirá fazer uma venda, mas pode sempre fazer algum progresso em direção à sua meta final – conquistar e manter os clientes. Por exemplo, você pode:
  • Perguntar aos possíveis Clientes se poderá ajudá-los no futuro;
  • Marcar outra reunião;
  • Obter mais informações para descobrir se esse seria um bom Cliente para você;
  • Pedir indicações;
  • Aprender com os erros que cometeu;
  • Deixar sempre uma boa primeira impressão;
  • Nunca feche uma porta.
  1. Pense em longo prazo e tenha em mente o quadro geral.   O importante não são os clientes que você perde, mas sim aquilo que  aprende, a fim de não cometer os mesmos erros.
  2. Não tome as recusas como pessoais, nem deixe que os desarme. Quando o cliente diz NÃO, ele está dizendo não para seus produtos os serviços e nada tem haver com você. Quando isso acontecer, não se intimide. Pergunte, por quê? Tente descobrir as razões da recusa. Seja lá como for, não deixe transparecer seu desapontamento. Lembrem-se, as emoções são contagiantes. Cuidado com sua linguagem corporal.

 

  1. Procure Aprender alguma coisa com cada recusa. Toda pessoa que lhe diz não, pode estar lhe dando uma boa oportunidade para um Feedback. Não tenha como um fracasso, mas como uma lição. Eis algumas coisas que poderá considerar:

 

  • Você tinha um conhecimento completo de seus produtos ou serviços?
  • Você realmente tentou escutar e descobrir as necessidades do Cliente?
  • Você salientou as vantagens que o cliente obteria com a compra e foi claro ao conversar com ele?
  • Que espécie de impressão você causou? Mostrou-se à disposição, atento e bem apresentável? Portou-se como um profissional?
  • Discutiu com o Cliente, exagerou aos expor as vantagens, falou mal dos concorrentes, ou tentou pressioná-lo para que comprasse?
  • Como você solicitou o pedido? Esperou pelos sinais de compra?

– Continuou amigável e polido mesmo depois do NÃO? Sempre que um Cliente lhe disser NÃO, reveja os pontos acima.

– Nunca desista de buscar a alta performance em vendas, visando atender melhor seu Cliente. Lembrem-se, ele é seu melhor patrimônio.

– Faça sempre mais do que lhe é solicitado. Não seja apenas mais um rosto na multidão. Sua atitude faz a diferença.

Um forte abraço a todos,

Fernando Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários
  • Marcelo Migotto
    25 de fevereiro de 2012 ás 21:08

    Caro Fernando Fernandes
    Gostei muito do seu blog estou aprendendo muito com as informações estarei recomendando
    a todos da minha equipe de trabalho o seu blog para uma maior integração de trabalho em nossa equipe. Por falar em equipe gostaria de ouvir de você se conhece alguem que gostaria de trabalhar conosco no nosso empreendimento de marketing.
    Visite o nosso site, e gostaria de saber a sua opinião sobre a nossa loja virtual
    http://www.psmmigotto.com.br .

    Aguardo o seu retorno, abraço
    Marcelo Migotto

Total
0