E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Vendedor Analfabeto Funcional

Vendedor Analfabeto Funcional

 

 

“Só sei que nada sei”. –  Sócrates

 

Eu acredito que você está lendo pela primeira vez sobre essa terminologia. Sem querer ofender meus colegas, acredito que muitos profissionais de vendas, não importando o cargo que ocupam, são analfabetos funcionais.

 

Considero Analfabeto Funcional, todo profissional de vendas que não conhece Dale Carnegie, por exemplo. Dale Carnegie foi uma assumidade em seus dias quando o assunto era “influenciar pessoas e fazer amigos”. Um homem pobre que através de suas descobertas acabou seus dias como bilionário. Se o cara me diz que nunca leu “Como fazer amigos e influenciar pessoas” eu digo: Lamento muito por você amigo. O que Dale Carnegie escreveu há quase cem anos continua vivo. Seus ensinamentos continuam sendo divulgados e debatidos em todo mundo e o será por muito tempo. Seus livros venderam mais de cinquenta milhões de exemplares. Então pergunto novamente, como um profissional de vendas espera estar bem preparado quando não lê?

 

Estou citando Dale Carnegie, mas poderia estar falando sobre Jeffrey Guitomer, Luis Paulo Luppa ou Raul Candeloro. Estar preparado para fazer a diferença exige esforço e muita abnegação. É preciso dedicar algum tempo à leitura. Infelizmente ainda existem alguns profissionais que se acham autodidatas. Acreditam que já sabem tudo e não precisam mais aprender. Já fiz algumas palestras e treinamentos onde muitos vendedores me disseram que não precisavam aprender mais nada.

 

Como vendedor você precisa saber e entender alguma coisa de Marketing. Não estou dizendo que precisa ser um expert, mas, deve ter algum conhecimento. Marketing tem tudo a ver em como ecoar seus produtos das prateleiras. Às vezes nas minhas palestras pergunto sobre alguns autores sobre o tema e a grande maioria não conhece ninguém. Uau, isso é incrível.

 

Um dia desses em uma de minhas reuniões com líderes, falei sobre Ricardo Semler. A cara que os gestores fizeram parecia que eu estava falando da colisão de partículas. “Isso pode Arnaldo”? Ricardo Semler é um dos líderes mais inovadores que conheci. Ele é respeitado em vários países e quase idolatrado no Japão. Sua forma de gestão é revolucionária. Se você quiser conhecer pessoalmente a SEMCO, terá que entrar numa fila e esperar quase um ano. Todo líder deveria ler “Virando a própria mesa”.

 

Amigos o que estou querendo dizer é que é fundamental a leitura. No caso dos profissionais de vendas, livros na área de Marketing e Vendas. Eu também já fui um avesso à leitura. Tudo mudou quando conheci Ricardo Semler. Em doze anos li mais de 500 obras. Tornei-me um leitor compulsivo. A cada dia descubro que afinal, tenho muito que aprender.

 

Espero que tenham gostado.

Grande abraço,

Fernando Fernandes

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 Comentários
  • ARNALDO A GOULART
    13 de maio de 2014 ás 16:11

    é verdade, tem razão.
    a leitura é a porta para o conhecimento. na maioria das vezes o quanto sabemos depende do quanto lemos.

    abr.

  • wilson
    13 de maio de 2014 ás 17:32

    Obrigado Pelo artigo Fernando!
    Pobre de quem acha que de tudo sabe, porque assim pensando ele verá que nada sabe. Nossa profissão requer muita paciência, e estar sempre muito bem informado, do que faz e do que vende. Atualizar-se faz parte do bom profissional

  • Fabio Santos
    14 de maio de 2014 ás 01:03

    adorei essa matéria, congrats!

  • Claudio Ratto
    14 de maio de 2014 ás 17:49

    Li O livro do Ricardo a vinte e muitos anos atrás, e continua sendo atual, excelente lembrança…vc tem toda razão vendedor tem que entender mkt mas os profissionais de mkt tem que entender de vendas, o que dizer ir para rua, onde está o mercado, muitos esquecem disso. Abraços e parabéns pelo artigo.

  • Claudio Ratto
    14 de maio de 2014 ás 17:49

    Li O livro do Ricardo a vinte e muitos anos atrás, e continua sendo atual, excelente lembrança…vc tem toda razão vendedor tem que entender mkt mas os profissionais de mkt tem que entender de vendas, o que dizer ir para rua, onde está o mercado, muitos esquecem disso. Abraços e parabéns pelo artigo.

  • Artur C Gomes
    16 de maio de 2014 ás 17:47

    Fernado, você está certo, é surpreendente como um profissional de vendas, ainda hoje, não tenha lido livros da maior relevância como os mencionados, ainda que passado mais de meio século. É por isso que sempre estaremos nos surpreendendo ao ver alguns vendedores em atuação.

  • Gláucia De Castro
    12 de junho de 2014 ás 11:57

    Bom dia!
    Fernando, você como sempre,brilhante com as palavras.
    Se me permite acrescentar a sua lista, ” A arte da Guerra “de Sun Tzu e “Você Nasceu para liderar” de John C Maxwell, se o vendedor pretende liderar uma equipe.
    Leitura faz muito bem para qualquer um, independente da área de atuação.
    Um homem sem leitura é um ser sem informação.
    Abçs.
    Gláucia

  • Evándro d. Sàmtos.
    24 de junho de 2014 ás 11:25

    Olá Fernando,

    Rapaz, dentro desta ótica sou um tremendo analfa funcional!

    De todos que você só li e até tive oportunidade de conhecer o Ricardo Semler, o conheci de forma casual na empresa dele, já havia lido o livro ?Virando a Própria Mesa?. Eu não esperava ser atendido por ele, mas foi um grande prazer poder trocar um pouco com ele!

    Este acaso foi até curioso, naquela época eu vendia pão Frances e doces para cozinhas industriais. Rsrsrsrs, outra curiosidade, esta foi uma das épocas em que mais ganhei dinheiro com vendedor, vendendo pão, você acredita?!

    Já li mais livros, confesso que atualmente leio mais na web. Sempre fui bastante seletivo em minhas leituras e nunca me interessei exatamente somente pela frieza das linhas escritas, mas sobre tudo pelo que e porque o escritor resolveu escrever àquelas linhas.

    Quero dizer, entendo que a leitura pela leitura é tão fria quantos as letras lidas, a de se ter o trabalhar de reflexionar sobre o que foi lido, talvez reler, entender com o ponto de vista próprio, sempre vemos, ouvimos e entendemos aquilo que desejamos naquele momento, é questão de sintonia. Justo por este motivo me interesso por muitos tipos de leituras.

    Em se tratando de mundo corporativo e profissional de vendas, sou um autodidata, e nem por isso acho que sei tudo, muito pelo contrário, sou um indagador nato, um eterno aprendiz da vida.

    Acho que informação e conhecimento são fundamentais ao bom vendedor, mas com franqueza amigo, não creio que um bom vendedor precise ler este ou aquele livro, mas ler tudo que puder conforme seus interesses. Não existem formulas mágicas, existem singularidades de personas em auto criação em tempo integral, melhor se for pelo seu livre pensamento.

    Saudações fraternas,

    Evándro d. Sàmtos.

Total
0