E-mail: cases@programacases.com.br
Siga-nos:
Topo

Você sabe a diferença entre Fluxo de Caixa e Lucro?

Você sabe a diferença entre Fluxo de Caixa e Lucro?

"A empresa precisa ter lucro, do contrário morre. Mas, se orientar-se apenas pelo lucro… também morrerá, porque não terá mais nenhuma razão para existir". – Henry Ford

 

Vamos comparar isso a um jardineiro.

 

Quando você compra uma planta, seu desejo é que ela cresça bonita e viçosa. Uma das coisas que terá que fazer para conseguir isso será regá-la diariamente. A água manterá sua planta viva. Podemos dizer que a “água” é o seu fluxo de caixa e a plantinha o seu negócio. É claro que além da água você precisará de outros cuidados, mas a água é fundamental.

 

Voltando à sua plantinha, sempre que estiver regando-a estará contribuindo para a sua sobrevivência. Quando por algum motivo, você começar a desviar essa água para outros fins e se esquecer de sua planta, a plantinha começará a morrer. Pode ser que você no princípio nem note, mas sem a água ela morrerá.

 

Na empresa é a mesma coisa. Infelizmente, alguns empreendedores animados com o faturamento da empresa, começam a desviar a “água”, ou seja, seu fluxo de caixa para outros fins. Acreditam que aquele dinheiro é deles e que podem usar sem problemas. Aos poucos a empresa começa a perder fôlego, deixa de estar viçosa e quebra. O fluxo de caixa é a água indispensável para manter qualquer empresa viva.

 

E o que podemos chamar de lucro? Bem, na verdade se sua empresa tem fluxo de caixa, mesmo sem lucro, ela poderá ir sobrevivendo. O lucro é o recurso que sobra depois de você pagar todas as contas, coisa que às vezes nem sempre acontece, pelo menos no princípio. Na verdade, um bom contador poderá fazer sua empresa sempre fechar no azul, mesmo que não haja dinheiro sobrando na sua conta bancária.

 

Quer dizer então que não posso fazer retiradas, você deve estar se perguntando? A resposta é NÃO. Quando decidir abrir uma empresa, é preciso entender que, por pelo menos um ano, você deverá ter oxigênio para se manter, sem desviar a “água” de sua empresa. É preciso que ela cresça e se fortaleça, para daí então, comece a haver retiradas.

 

Isso quer dizer que sua empresa na verdade precisa de CAIXA. Essa deve ser sua preocupação. Se houver água fluindo para sua plantinha ela crescerá e se tornará grande. Apenas quando sua empresa estiver forte e saudável, começará a dar retorno financeiro. Da mesma forma, uma planta só começa a nos mostrar sua beleza em sua maturidade. Nessa fase ela estará  pronta para enfrentar qualquer adversidade.

 

"É melhor ficar sem dinheiro do que sem idéias a respeito de como ganhar dinheiro". –  Ernie Zelinskie

 

Então, preocupe-se primeiro fortalecer sua empresa, depois o lucro surgirá.

 

Grande abraço a todos,

 

Fernando Fernandes

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentários
  • Ana Paula
    1 de outubro de 2014 ás 09:30

    Bom dia Fernando!

    Achei muito interessante seu texto,porém me tire uma dúvida.Qual seria a porcentagem interessante para manter esse fluxo de caixa após 01 ano de empresa e com o restante sim fazer a retirada?

  • Miquéias Sampaio
    6 de outubro de 2014 ás 11:13

    Bom dia Fernando!Excelente texto, a ilustração usada deixou a informação ainda mais clara. Estou implantando os principais controles financeiro em uma empresa e comento sempre que o fluxo de caixa é um termômetro, o dinheiro que sobra hoje pode fazer uma grande falta amanhã … essa ferramenta nos auxilia com essas projeções.

  • Francisco Manuel Marques dos Santos
    27 de outubro de 2014 ás 09:56

    Um excelente comentário que devia ser lido com atenção por muitos “empresários” do nosso país. A água para a plantinha pode esgotar-se…

Total
0